VIII Carnaval Universitário – Porque carnaval só presta com um CU!

Nobre público malemolente deste humilde meio de divulgação, eu acho que vocês andam muito passivos. No CU a gente tem que ser ativo! (ou não) . Pra ajudar com isso, vamos a uma questão deveras importante.

O que você espera ouvir no nosso incomparável, muito ótimo e mais que famoso Carnaval Universitário?

Aproveite que esta é uma enquete anônima e expresse suas vontades mais obscuras, seus desejos mais íntimos e nos diga o que você quer no CU? Opz, ouvir no CU, ah sei lá. Responde aí.

Vale escolher mais de uma.

Comentários em: "Música de carnaval" (7)

  1. Uma coisa é certa: BABAU DO PANDEIRO não pode faltar!!!

  2. thiagomanel disse:

    lista do carnaval do vovô

    Cidade Maravilhosa
    Saca-Rolha (As Aguas Vao Rolar)
    Vassourinhas
    Aurora
    Me Da Um Dinheiro Ai
    Cabeleira Do Zeze
    Bandeira Branca
    Cachaca nao é agua
    Turma do funil
    Mamãe eu Quero
    Jardineira
    Indio Quer Apito
    Tai’, Eu Fiz Tudo Pra Voce Gostar De Mim
    Mulata Ie Ie Ie
    Allah-La-O
    Daqui nao saio
    Quem sabe, sabe
    Está Chegando a Hora
    O Abre Alas
    Marcha do remador (Se a canoa não virar)
    Maria Sapatão
    A Pipa Do Vovô

  3. negola disse:

    Eu voto para ter uns new pagodaum diretamente da Bahia para animar a galera!!!

    – Esfrega a Xana no Asfalto.
    – Tchuco
    – Tcheca na garrafa
    – E os pagodaum clássicos… Smirnofay, Vai no chão mainha, Dança do Siri, Dança da Minhoca…

  4. Thalita disse:

    Babau do Pandeeeeeeeirrrooooo
    Bebe ‘agalinha’, bebe ‘agalinha’ viros bico pa cima todas ela são minhaa
    kkkkkkkkkkkkkk
    não pode faltar não… e marchinha de carnaval eh mara!
    ‘Seguuura as coelhiiinhas’

  5. negola disse:

    Para ir treinando as marchinhas!!!

    ::: A FILHA DE CHIQUITA BACANA :::
    Eu sou a filha da chiquita bacana
    Nunca entro em cana
    Porque sou família demais
    Puxei à mamãe
    Não caio em armadilha
    E distribuo banana com os animais
    Na minha ilha
    Yeh yeh yeh
    Que maravilha
    Yeh yeh yeh
    Eu transo todas
    Sem perder o tom
    E a quadrilha toda grita
    Yeh yeh yeh
    Viva a filha de chiquita
    Yeh yeh yeh
    Entre para “women’s liberation front

    ::: A JARDINEIRA :::
    Ó jardineira porque estás tão triste
    Mas o que foi que te aconteceu
    Foi a camélia que caiu do galho
    Deu dois suspiros e depois morreu

    Vem jardineira vem meu amor
    Não fiques triste que este mundo é todo seu
    Tu és muito mais bonita
    Que a camélia que morreu.

    ::: A PRAÇA :::
    Hoje eu acordei com saudades de você,
    Beijei aquela foto que você me ofertou,
    Sentei naquele banco da pracinha só porque
    Foi lá que começou o nosso amor.
    Senti que os passarinhos todos me reconheceram
    Pois eles entenderam toda a minha solidão
    Ficaram tão tristonhos e até emudeceram
    Aí, então, eu fiz esta canção

    A mesma praça, o mesmo banco, / As mesmas flores, o mesmo jardim.
    Tudo é igual, mas estou triste, / Porque não tenho você perto de mim.

    Beijei aquela árvore tão linda, onde eu
    Com meu canivete, um coração eu desenhei
    Escrevi no coração o meu nome junto ao seu
    E meu grande amor então jurei.
    O guarda ainda é o mesmo que um dia me pegou
    Roubando uma rosa amarela pra você
    Ainda tem balanço, tem gangorra, meu amor
    Crianças que não param de correr.

    Aquele bom velhinho pipoqueiro foi quem viu
    Quando, envergonhado, de amor eu lhe falei
    Ainda é o mesmo sorveteiro que assistiu
    Ao primeiro beijo que lhe dei.
    E a gente vai crescendo, vai crescendo e o tempo passa
    E nunca esquece a felicidade que encontrou.
    Sempre eu vou lembrar do nosso banco lá na praça
    Foi lá que começou no nosso amor !

    ::: ABRE ALAS :::
    Ó abre alas que eu quero passar
    Ó abre alas que eu quero passar
    Eu sou da lira não posso negar
    Eu sou da lira não posso negar

    Ó abre alas que eu quero passar
    Ó abre alas que eu quero passar
    Rosa de ouro é que vai ganhar
    Rosa de ouro é que vai ganhar

    ::: ACORDA MARIA BONITA :::
    Acorda Maria Bonita
    Levanta vai fazer o café
    Que o dia já vem raiando
    E a polícia já está de pé

    Se eu soubesse que chorando
    Empato a tua viagem
    Meus olhos eram dois rios
    Que não te davam passagem

    Cabelos pretos anelados
    Olhos castanhos delicados
    Quem não ama a cor morena
    Morre cego e não vê nada

    ::: ALÔ FEVEREIRO :::
    Tamborim avisou, cuidado,
    Violão respondeu, me espera,
    Cavaquinho atacou, dobrado,
    Quando o apito chegou, já era.

    Veio o surdo e bateu, tão forte,
    Que a cuíca gemeu, de medo,
    E o pandeiro dançou, que sorte,
    Fazer samba não é brinquedo,
    Todo mês de fevereiro, morena,
    Carnaval te espera.

    Querem te botar feitiço, morena,
    Mas também pudera,
    Se ele pega no teu corpo,
    Vai ter gente enlouquecida,
    Querendo entender a tua dança,
    Querendo saber da tua vida….

    ::: APARECEU A MARGARIDA :::
    Apareceu a Margarida,
    Olé, olé, olá,
    No festival,
    Veio pra se desfolhar,
    Neste carnaval.

    Carolina,
    Tão formosa,
    Dengosa ao chegar,
    Destruiu-se,
    E não viu Margarida passar.

    Carolina,
    Compreenda,
    Que o mundo,
    É uma escola.

    A noite era de Carolina,
    Mais foi Margarida,
    Quem entrou de sola,
    Ole, ole, olá.

    ::: AS ÁGUAS VÃO ROLAR :::
    As águas vão rolar,
    garrafa cheia eu não quero ver sobrar,
    eu passo a mão na saca, saca, saca-rolha.

    E bebo até me afogar, deixa as águas rolar.

    As águas vão rolar,
    garrafa cheia eu não quero ver sobrar,
    eu passo a mão na saca, saca, saca-rolha.

    E bebo até me afogar

    Se a polícia por isso me prender e na última hora me soltar, eu pego a saca, saca, saca-rolha e bebo até me afogar, deixa as águas rolar.

    ::: ATRÁS DO TRIO ELÉTRICO :::
    Atrás do trio elétrico
    só não vai quem já morreu
    quem já botou pra rachar
    aprendeu, que é do outro lado
    do lado de lá do lado
    que é lá do lado de lá

    O sol é seu
    o som é meu
    quero morrer
    quero morrer já

    O som é seu
    o sol é meu
    quero viver
    quero viver lá

    Nem quero saber se o diabo
    nasceu, foi na bahi …
    foi na Bahia
    o trio elétrico
    o sol rompeu
    no meio-dia
    no meio-dia.

    ::: AURORA :::
    Se você fosse sincera
    Ô ô ô ô Aurora
    Veja só que bom que era
    Ô ô ô ô Aurora

    Um lindo apartamento
    Com porteiro e elevador
    E ar refrigerado
    Para os dias de calor
    Madame antes do nome
    Você teria agora
    Ô ô ô ô Aurora

    ::: BALANCÊ :::
    Ô balancê balancê
    Quero dançar com você
    Entra na roda morena pra ver
    Ô balancê balancê

    Quando por mim você passa
    Fingindo que não me vê
    Meu coração quase se despedaça
    No balancê balancê

    Você foi minha cartilha
    Você foi meu ABC
    E por isso eu sou a maior maravilha
    No balancê balancê

    Eu levo a vida pensando
    Pensando só em você
    E o tempo passa e eu vou me acabando
    No balancê balancê

    ::: BLOCO DO DEIXA :::
    Deixa falar quem quiser,
    Deixa quem quiser falar,
    Mas deixar de sair do deixa,
    Eu não posso deixar.
    No deixa eu quero brincar,
    No deixa eu quero sorrir,
    Só deixo de sair do deixa,
    No dia que o deixa, deixar de existir.

    Deixa falar quem quiser,
    Deixa quem quiser falar,
    Mas deixar de sair do deixa,
    Eu não posso deixar.
    No deixa eu quero brincar,
    No deixa eu quero sorrir,
    Só deixo de sair do deixa,
    No dia que o deixa, deixar de existir.

    Do deixa eu não vou sair,
    Só deixo de sair do deixa,
    No dia que o deixa falir,
    Agora eu deixo,
    E vou falar a verdade,
    Com o deixa simpatizei,
    Com o deixa, eu deixo a minha amizade…

    ::: CABELEIRA DO ZEZÉ :::
    Olha a cabeleira do zezé
    Será que ele é
    Será que ele é

    Será que ele é bossa nova
    Será que ele é maomé
    Parece que é transviado
    Mas isso eu não sei se ele é

    Corta o cabelo dele!
    Corta o cabelo dele!

    ::: CACHAÇA NÃO É ÁGUA :::
    Você pensa que cachaça é água
    Cachaça não é água não
    Cachaça vem do alambique
    E água vem do ribeirão

    Pode me faltar tudo na vida
    Arroz, feijão e pão
    Pode me faltar manteiga
    E tudo mais não faz falta não

    Pode me faltar o amor
    Isso que acho graça
    Só não quero que me falte
    A danada da cachaça.

    ::: CHUVA, SUOR E CERVEJA :::
    Não se perca de mim
    Não se esqueça de mim
    Não desapareça
    Que a chuva tá caindo
    E quando a chuva começa
    Eu acabo perdendo a cabeça
    Não saia do meu lado
    Segure o meu pierrot molhado
    E vamos embolar ladeira abaixo
    Acho que a chuva ajuda a gente a se ver
    Venha veja deixa beija seja
    O que deus quiser
    A gente se embala se embola se embola
    Só pára na porta da igreja
    A gente se olha se beija se molha
    De chuva suor e cerveja

    ::: CIDADE MARAVILHOSA :::
    Cidade maravilhosa
    Cheia de encantos mil
    Cidade maravilhosa
    Coração do meu Brasil
    Cidade maravilhosa
    Cheia de encantos mil
    Cidade maravilhosa
    Coração do meu Brasil

    Berço do samba e das lindas canções
    Que vivem n’alma da gente
    És o altar dos nossos corações
    Que cantam alegremente

    Jardim florido de amor e saudade
    Terra que a todos seduz
    Que Deus te cubra de felicidade
    Ninho de sonho e de luz

    ::: PIERRÔ APAIXONADO :::
    Um pierrô apaixonado
    Que vivia só cantando
    Por causa de uma colombina
    Acabou chorando, acabou chorando

    A colombina entrou num butiquim
    Bebeu, bebeu, saiu assim, assim
    Dizendo: pierrô cacete
    Vai tomar sorvete com o arlequim

    Um grande amor tem sempre um triste fim
    Com o pierrô aconteceu assim
    Levando esse grande chute
    Foi tomar vermute com amendoim

    ::: UM FREVO NOVO :::
    A praça Castro Alves é do povo
    como o céu é do avião
    um frevo novo, eu peço um frevo novo
    todo mundo na praça
    e muita gente sem graça no salão
    Mete o cotovelo e vai abrindo o caminho
    Pegue no meu cabelo pra não se perder e terminar sozinho
    O tempo passa mas, na raça eu chego lá
    É aqui nessa praça que tudo vai ter de pintar

  6. essa nao pode faltar disse:

    o grandeeeeeee sucesso desse carnaval NAO PODE FALTAR, direto do kibeloco, CADE XOXO? eh a musica desse carnaval… vale a pena conferir!!!

  7. universitário carnavalesco disse:

    a dança da piroca torta também não pode faltar!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: